Carnaval de Salvador – Minha experiência de casal

06/03/15

Se tem uma coisa que sempre quis conhecer era o carnaval de salvador, acho que todas as pessoas que me conhecem pessoalmente sabem o tanto que eu queria ir, rs! Como recebi perguntas de leitoras que gostariam de ir, mas muitas vezes ficam um pouco inseguras, resolvi contar um  pouco da minha experiencia para vocês.

IMG_1780

 Carnaval de Salvador – Dicas, opinião e experiência

1 – COMPRA DE PASSAGEM: A primeira etapa para resolver este processo todo foi a compra das passagens aéreas. Aproveitamos uma promoção que aconteceu em maio do ano passado (sim, comecei a organizar tudo em maio, rs!) e compramos. Acho que comprar a passagem é o mais importante, pois alguns meses antes do carnaval os preços sobem muito.

IMG_1802

2 – HOSPEDAGEM: Definida a passagem, foi a hora de estudar o lugar para ficar. Como estava com o meu marido queria um lugar confortável, e por isso estava com uma tendência em procurar um hotel ou flat. Olhamos algumas opções perto do circuito, mas infelizmente os preços estavam altos e por isso resolvi ficar na região do Rio Vermelho (fica ao lado de ondina). Escolhemos o Ibis Rio Vermelho e adorei. O hotel possui aquele padrão de sempre, mas tinha uma estrutura suficiente para passarmos o carnaval com muito conforto. O quarto possui cofre (perfeito para guardar os abadás e ingressos com segurança), armário, ar condicionado, wi-fi, uma escrivaninha, um sofá pequeno e uma cama de casal. As reservas estavam sendo feito por uma agencia de salvador, o pacote era de 5 dias (sexta a sábado) com direito a café da manhã. Além dos serviços de camareiro já disponíveis no hotel, também contamos com segurança 24 horas para controlar o fluxo de entrada e saída de pessoas no hotel.

Ibis Rio Vermelho

3 – TRANSPORTE  PARA O CIRCUITO: Para irmos do hotel ao circuito era necessário usar o serviço de táxi. Para ir era super tranquilo, pois tinha um ponto de em frente ao hotel. Na hora de voltar era necessário andar até o ponto que ficava localizado no fim do circuito e pegar um táxi. Algumas vezes, o taxista não queria pegar nossa corrida pois estávamos perto do circuito e o valor era baixo (cerca de R$15,00), então íamos caminhando até conseguir um. Quando conversei com algumas pessoas que já tinham ido nos anos anteriores e precisaram de usar táxi para ir e voltar, elas contaram que era bem complicado e que a cidade não tinha oferta suficiente do serviço, o que tornava quase impossível arrumar uma maneira de voltar. Mas, pelo que parece, este ano a prefeitura da cidade se organizou melhor e tinha um ponto com um fila de táxis (o único problema é que eles ficam escolhendo corrida, mas íamos perguntando um por até que algum resolvia!). Acho que foi bem melhor do que os outros anos e pelo visto acho que ano que vem vai ser melhor ainda! #tomara

IMG_1754

3 – CAMAROTES x BLOCOS: Comprei os camarotes todos com antecedência para ir pagando ao longo do ano, rs! Não compramos bloco, pois como nunca tinha ido queria “sentir” como funcionavam as coisas e se caso resolvesse, compraria por lá mesmo. Os camarotes escolhidos foram:

  • Sexta –  Camarote do Reino: O camarote fica localizado no meio do circuito, por isso os trios passam com tranquilidade e você consegue ver bem os artistas. É somente opem bar (não possui comidas incluídas), mas possui uma praça de alimentação grande com várias opções e preços normais. Possui shows de artistas todos os dias e DJ.
  • Sábado – Camarote Harém: Camarote all inclusive (comida e bebida). Tinha várias opções de bebidas, de cerveja até espumante. Era muito animado e possui dois palcos para shows. Achei a parte para ver os shows (mirante) bem grande e entre um trio e outro rolava um show de uma banda de axé. Adorei!
  • Domingo – Camarote Salvador: Este é o famoso camarote, rs! Fomos e realmente a estrutura e serviço é diferenciada. Possui várias opções de comida que vão desde batata frita, tapioca e paleta mexicana. Tem um palco para shows e uma estrutura de boate fantástica. A decoração também é perfeita! Dos camarotes que fui era o que tinha o custo mais alto, mas vale muito a pena ir.
  • Segunda e Terça –  Camarote do Nana: Este também é bastante conhecido. Possui dois palcos, um no meio do camarote e outro na praia, onde você tem acesso a praia e ao mar. Achei interessante pois ele possui vários restaurantes separados e contava com uma área exclusiva para a churrascaria, japonês, e pizza. Quando fomos comprar o camarote do nana ele estava em promoção para casal (10% de desconto) e por isso compramos dois dias. Valeu a pena!

Observação: Os camarotes do Harém e Nana eu comprei nesta loja AQUI e como ela possui parceria com a agência que fechei o hotel, peguei os meus abadás no aeroporto. Para as outras pessoas (que não fecharam com a agência), os abadás e ingressos eram retirados no Shopping Bahia, então este foi um diferencial interessante.  Já o ingresso do Camarote Salvador eu comprei no site oficial (e tive que ir no shopping buscar) e o do Reino comprei já em Salvador.

Infelizmente não fomos de bloco nenhum dia, e confesso que arrependi. Tentei comprar de última hora mas não consegui trocar. Antes de chegar em salvador e ver como funcionava o carnaval, fiquei um pouco insegura em comprar e ir de bloco de casal, quando cheguei lá vi que iria amar! Gosto bastante deste tipo de festa e certamente não ligaria de ficar perto de muitas pessoas andando atrás do trio. Na próxima vez que voltar, quero muito ir!

carnaval de salvador de casal

Bem, eu amei a experiência e oportunidade de viver esse momento. A energia do local é incrível e ficamos contagiados! Acredito que é uma festa linda para todas as idades e situações de vida (solteiros, namorados, noivos e casados), uma coisa que todo mundo que for vai adorar! Tenho certeza!

Quem quiser mais detalhes gravei um vídeo contando um pouco da minha experiência  e contando como funciona a retirada de abadás, customização e dicas para quem procura curtir o carnaval!

Aperte o play e confira minha empolgação, rs!

Quem tiver alguma dúvida, quiser compartilhar sua opinião ou vivência não deixe de comentar! Vou adorar!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 Comentários

  1. Cátia disse:

    Olá Juliana

    Acompanho seu Blog diariamente e adoro suas dicas e arrumações.
    Sou de Salvador e percebi que você gostou do carnaval (que bom) mas se arrependeu de ir para algum bloco. Pular nos blocos é ótimo, mas você só vê o carnaval do bloco. NO camarote, não, você vê tudo.
    Para pular na folia vou dar uma dica, mais light, quando repetir a experiencia de um novo carnaval aqui, chegue uma semana antes para participar do Furdunço, no domingo antes do carnaval. Maravilhoso, sem cordas, free, sem empurra empurra. É uma proposta diferente, com várias atrações (Alavonté, Armandinho, Aline Rosa, Vina Calmon, Psirico etc..) em carros mais baixos que o trio bem perto do público, sem trio.
    Outra atração é a fanfarra na Barra, circuito, Sérgio Bezerra, só bandinhas e muita animação.
    Quando vier aqui de novo me passe um email, quem sabe agente não se encontra?
    bj
    Cátia

    1. Vida de Casada disse:

      catia,tudo bem?!
      Que delicia receber leitoras de salvador! Então, como disse no post e no vídeo eu arrependi de NÃO ter ido. Queria muito mas não deu. Fiquei apenas com um receio de comprar receio antes, pois não sabia se iria gostar. Mas quando cheguei lá vi que iria amar…
      Adorei essa festa que acontece antes do carnaval, deve ser maravilhosa e única! Na próxima vez quero muito.
      Vamos combinar de encontrar. Devo ir para salvador em breve! :)
      Beijo grande,
      Ju

  2. Flávia disse:

    Fui pro Carnaval de Salvador em 2008, solteira, sem dúvida uma das melhores experiencias que já tive… uma energia diferente de tudo! Vale muito!
    Agora casada, tenho muita vontade de apresentar o carnaval ao meu marido! Quem sabe em 2016!? rs

    Beijos, Flávia

    1. Vida de Casada disse:

      Flavia,tudo bem?!
      Não deixa de apresentar para ele!
      É uma energia incrível!
      Eu e meu marido amamos…
      Beijo grande,
      Ju

  3. Eunice Lara disse:

    Oieeee… Nossa! Amei sua postagem! Acabei de comprar pacote (passagem + hospedagem) para Salvador com meu marido. Estava com dúvidas sobre passar o carnaval em Salvador “de casal”. Ainda não compramos os camarotes pois estou nessa de pesquisar. Nosso hotel também é em Rio Vermelho. Vc lembra quais são os camarotes mais perto? Adorei as dicas! Beijooooooooooo

    1. Juliana Santiago disse:

      Eunice, tudo bem?!
      Vocês vão AMAR! É perfeito e compensa muito!!
      Se a ordem dos camarotes não mudar, o mais perto é o salvador, nana, harém, band…
      Beijo grande,
      Ju

  4. Patricia disse:

    Olá Jú,
    Adoro seu blog! Eu e meu marido, mais alguns amigos, fechamos as passagens, o hotel e um dia no Camarote do Nana para o Carnaval 2016!
    Fiquei com uma dúvida: nos camarotes, com tanta gente, fica aquela muvuca para comer, ir ao banheiro? Porque o valor é caro, tenho receio de ficar com a impressão de que é caro demais pelo o que oferece. O que você achou?
    Beijos

    1. Juliana Santiago disse:

      Patricia, tudo bem??
      Então, o camarote é cheio mas nada insuportável… Em alguns momentos fica mais cheios, outros mais vazios..
      Tenho certeza que vocês vão amar! :)
      Beijo grande,
      Ju

  5. Betania disse:

    Olá! Adorei a matéria sobre o carnaval, justamente o que vou viver este ano com meu marido e uma turma de casados pela primeira fez em salvador, bem parecida com sua história.
    Comprei os camarotes: harém, Salvador e nana, ainda não compramos o trio porque estávamos com medo, mas querendo muito ir, aí quando li seu blog empolguei de novo, queria que você cê me ajudasse, porque também não temos noção nenhum.
    Chegaremos lá na sexta feira as 11h e queríamos pegar um bloco na sexta porque não compramos nada para este dia, você acha que dá tempo de fazer chegar no aeroporto esse horário, fazer checkin no hotel e ainda ir ao shopping buscar estes abadás, almoçar e depois voltar para o hotel e ainda sair no trio neste mesmo dia? Porque não tenho a mínima ideia se buscar os abadas demora e quanto tempo mais ou menos demora para 3 camarotes diferentes.
    Outra coisa que gostaria da sua ajuda, vi que você mesma customizou seu abadá, primeira pergunta, você sabia qual cor ele seria antes de ir para salvador para levar os acessórios mais ou menos combinando ou viu só na hora? A segunda pergunta é: porque não preferiu customizar o abadá no camarote, já que tem o serviço lá?
    Aguardo seu contato.
    Obrigada por poder ajudar.
    Betania.

    1. Juliana Santiago disse:

      Betania, tudo bem?!
      Acredito que você esteja em tempo sim, como comentei no post eu comprei o pacote em um hotel que tinha conexão com a central do carnaval e peguei os abadas no aeroporto mesmo… Apenas o salvador peguei no shopping. Sobre os bloco na propria sexta, você super tem tempo… Quando voce for pegar os seus abadas, você aproveita e já compra o de sexta e já resolve! 😉
      Bom aproveito… Vai ser o melhor carnaval da sua vida! Vocês vão amar
      Beijo grande,
      Ju

  6. aline cesario de jesus disse:

    Olá , amei voce contanto a experiencia , sou de BH e sou louca pra ir .
    Estou pesquisando melhor as coisas , importa de me contar em quanto ficou os blocos e camarote ?
    beijis

    1. Juliana Santiago disse:

      aline, tudo bem?!
      Que bom que você gostou do meu relato…
      Vai depender das escolhas que você fizer, os camarotes podem variar de 400 á 1500…
      Beijo grande,
      Ju