Jardim de Inverno – Como fazer, dicas e plantas

19/05/16

Nas últimas semanas, falei sobre decoração de apartamentos pequenos e de banheiros; ainda no tópico apartamento e casa, hoje vou falar um pouco sobre jardim de inverno, uma alternativa para pessoas que não possuem um quintal em casa, mas querem um contato com a natureza.

O jardim de inverno nada mais é do que um jardim interno, e ele pode ser colocado no seu local da preferência: sala de estar, quarto, banheiro, embaixo da escada. Ele também pode e deve ser feito de acordo com o seu gosto pessoal, mas é preciso manter alguns fatores em mente. Para ajudar no momento da criação do jardim de inverno, separei algumas dicas de como cria-lo, plantas ideais e ideias e inspirações de paisagismo.

jardim de inverno corredor{Jardim de Inverno minimalista, com mini cactos, pedras pequenas e flores suspensas}

Jardim de inverno 

Assim como na decoração de um ambiente interno, na hora de montar seu jardim de inverno também segue-se um fluxo de ideias. Esse fluxo é bem simples: primeiro, define-se o lugar do jardim. Segundo, escolhe-se as plantas. Depois, elege-se os móveis e por fim, os objetos decorativos. Seguir um fluxo ajuda a garantir que as coisas estejam em confluência e tudo funcione bem, além de facilitar para que seja um processo organizado.

jardim de inverno transformacao{Transforme um espaço inutilizado em um lindo Jardim de Inverno, como no exemplo acima}

Jardim de inverno – Dicas

Na hora de criar seu jardim de inverno, é preciso manter algumas coisas em mente. A seguir, sete dicas para te ajudar nesse processo:

Escolha o local ideal

Apesar da flexibilidade do jardim de inverno, é preciso escolher seu local com atenção. Dê preferência para locais com luz natural e que possuam destaque – afinal, não tem porque colocar seu jardim de inverno em um lugar no qual ele fique escondido, não é mesmo?

jardim de inverno banheiro{Jardim de Inverno no banheiro}

escada jardim de invernojardim de inverno escada{Jardins de Inverno atrás e do lado da escada}

Escolha um design

Algo interessante para qualquer ambiente interno ou externo, é que pensemos no design dele de uma forma geral, como no caso do jardim de inverno: vai ter um caminho de pedras? Qual a cor? Existe espaço e vontade de se ter uma fonte? Qual estilo dela? Pode ser moderna, barroca, tradicional. A escolha do design faz toda a diferença durante a criação do paisagismo do jardim de inverno, pois ela pré-determina quais plantas e estilos você vai seguir.

Você pode optar por fazer mais de um jardim de inverno em sua casa também, mas escolha sempre um design central para o de maior destaque e o use como base para os outros jardins menores.

Opte por portas de vidro

Caso o seu jardim de inverno seja fechado, dê preferência para portas de vidro transparente, para que ele complemente e dê vida ao seu ambiente.

jardim de inverno
{Exemplos de Jardim de Inverno com portas de vidro}

Acrescente móveis

Se você tiver espaço sobrando no seu jardim de inverno, cogite colocar uma peça de mobiliário, como uma cadeira ou uma mesa de centro que combinem com a decoração do jardim. Elas ajudam ainda mais a dar um toque visual e incrementar a decoração, assim como fontes, vasos e pedras.

Jardim de inverno pequeno? Considere um revestimento ou um deck

Estes são duas dicas para quem possui jardim de inverno pequeno. Já que não ocupam espaço extra, mas muitas vezes fazem a diferença em um jardim de inverno. Você pode colocar revestimentos de madeira ou que imitam madeira na parede se estiver buscando um jardim com toque rústico, ou você pode colocar pedras brancas grandes caso sua intenção seja um jardim mais moderno. O deck também pode dar um toque especial, e hoje em dia ele é vendido em lojas em uma versão prática que pode ser montada em casa.

Saiba o que colocar

Jardins internos possuem algumas especificidades: as plantas devem aceitar uma menor luminosidade ou sol direto por poucas horas. Como elas permanecem num ambiente interno; costumam ter pedras ou deck ao invés de grama, o que também facilita em seu cuidado.

jardins de inverno{Exemplos de Jardim de Inverno: à esquerda, minimalista; à direita, com pedras e muitas plantas}

Cuide do seu jardim

Apesar de o jardim de inverno exigir cuidados menos constantes que um jardim normal, é preciso cuidar dele com o mesmo carinho de um jardim a sol pleno. A rega das plantas deve ser controlada de acordo com as necessidades de cada espécie, você deve, vez ou outra, retirar as folhas mortas e murchas (que vão surgir naturalmente mesmo que você seja cuidadosa com seu jardim) e você pode também fazer uso de fertilizantes para que as plantas fiquem mais bonitas (lembre-se de atentar às necessidades da espécie para que o fertilizante tenha o efeito esperado).

Na dúvida de como cuidar da espécie de planta ou qual fertilizante usar, você pode perguntar a um florista ou você pode conferir dicas da espécie de planta em sites.

Plantas para Jardim de Inverno – Sugestões

Sempre antes de decidir quais plantas você vai colocar em seu jardim de inverno, pesquise e descubra quais cuidados e necessidades especiais ela precisa. Coloquei a seguir 18 plantas que são muito usadas em jardins internos, já que são mais fáceis de cuidar.

jardim de inverno plantas{Exemplo de mini cactos em vasos: eles são muito usados em jardins internos}

Algumas informações importantes: plantas que precisam de sol pleno, necessitam de no mínimo 4 horas diárias ou mais de sol direto. Plantas que aceitam meia sombra, precisam de luminosidade intensa, mas sem sol direto entre as 10 e 17 horas. Plantas de luz difusa ou sombra, precisam de luz indireta no mínimo 2 horas diárias e sem sol direto. Leve em consideração no momento da escolha, a incidência de luz no espaço do jardim e quais plantas são mais adequadas para ele.

Separei o primeiro grupo pelas plantas mais comuns de jardim de inverno: zamioculca, palmeira ráfis, lança de São Jorge, antúrio, lírio da paz e palmeira areca. Todas aceitam meia sombra e suas alturas variam de 0.3 metros a 3 metros, o que significa que elas são fáceis de cuidar e excelentes opções para interiores. Com exceção da palmeira areca, que aceita meia sombra e sol pleno, todas as outras se dão bem com luz difusa também e não necessitam de sol pleno. No caso da palmeira areca, opte pelo porte arbustivo (o natural), que cresce até no máximo de 3 metros, e evite ar condicionado, pois elas gostam de umidade elevada. Ainda, não confunda lança de São Jorge com a espada de São Jorge: a espada é mais curvilínea e pede meia sombra ou sol pleno.

Plantas mais usadas jardim de inverno

Já no segundo grupo, coloquei plantas coloridas que podem dar um toque de cor ao seu jardim de inverno: begônia, violeta, amor perfeito, boca de leão, calêndula e angélica.  A begônia e a violeta ambas aceitam luz difusa, e a violeta aceita meia sombra. São plantas que não toleram sol pleno, ao contrário das outras: todas elas precisam de pelo menos 4 horas de sol direto. São flores coloridas, que não precisam de um cuidado muito constante (ele é, muitas vezes, anual ou por épocas) e pequenas, entre 30 e 60 centímetros.

Plantas coloridas jardim de inverno

No terceiro e último grupo, coloquei plantas diversas sem flores para complementar seu jardim de inverno: babosa de pau, jiboia, rosa pedra, licuada, mini cactos e pleomele. Todas elas aceitam meia sombra, e algumas aceitam luz difusa/sombra (jiboia e pleomele) e outras aceitam sol pleno (jiboia, rosa pedra, licuada, pleomele). No caso da pleomele, opte por não variegadas, que costumam ser mais resistentes à baixa luminosidade. Elas são, ainda, parte do grupo de plantas consideradas purificadoras do ar no caso de interiores, pois ajudam a eliminar várias toxinas presentes no ar.

Plantas jardim de inverno

Existem ainda várias outras espécies de plantas recomendadas para interiores, como: samambaias, pau d’água, palmeira chamaedórea, singônio, bromélia, comigo-ninguém-pode e filodendro cascata, por exemplo. Lembre-se sempre de conferir as necessidades da planta e os cuidados básicos.

Espero que vocês tenham gostado das dicas para montagem de jardim de inverno! Eles são muito lindos e fazem toda a diferença em um interior. Além disso, acrescentam vida a espaços internos e podem melhorar a qualidade do ar.

Confira também: Varanda gourmet em apartamentos | Dicas para os arranjos de flores durarem mais

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um comentário

  1. Juliana, inspiração incrível, parabéns!